Google Ads: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma de anúncios pagos do Google

Google Ads

Google Ads: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma de anúncios pagos do Google

Eric Alves
Escrito por Eric Alves em abril 5, 2019
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Se você quer anunciar no Google, mas ainda não sabe como, acompanhe o texto abaixo que vamos te dar todos as dicas necessárias.

Entenda o que é o Google Ads

Para entender como o Google Ads ou AdWords (como era chamado)  funciona, você precisa antes de tudo conhecer o Google.

Ele foi criado em 1998 e em menos de três anos tornou-se a maior referência de site de buscas do mundo. Com o sucesso iminente, seus fundadores enxergaram uma oportunidade de adquirir rentabilidade com o tráfego que se ali formava.

Assim, o Google Ads foi lançado em 20 de outubro de 2000. Tendo como intuito disponibilizar um valioso espaço nas páginas do site de busca do Google. E seu grande diferencial é que você mesmo pode escolher o quanto quer pagar por cada anúncio.

O resultado que essa plataforma de publicidade gerou não poderia ser melhor. Atualmente, o Google Ads é uma das mais eficazes ferramentas de anúncios pagos por ser fácil, completo e dinâmico. Além de permitir uma maior interação com o cliente. 

Ele é perfeito para anunciantes que desejam, principalmente, exibir seus produtos e serviços para pessoas especificas ou até mesmo milhões.

Como funciona?

O Google Ads usa o sistema de publicidade chamado de Custo por Clique (CPC) ou Custo Por Mil Impressões (CPM).

  • CPC

A sigla CPC significa Custo Por Clique, é o quanto você vai pagar quando o usuário clicar no seu anúncio. Uma das grandes vantagens é que o anunciante pode estipular esse valor de acordo com a disponibilidade de investimento que ele tiver.

Funciona como um leilão: quem paga mais acaba ficando com um posicionamento melhor em relação aos concorrentes. Assim ficando nas primeiras buscas do Google quando alguma palavra chave é acionada.

  • CPM

A sigla CPM significa Custo Por Mil Impressões. Em uma linguagem mais simples mil impressões seriam mil visualizações em seu anúncio.

Você paga a cada mil visualizações que seu anúncio tiver, mesmo que o cliente não clique nele.

Eles são mais comuns em anúncios da Rede de Display do Google, normalmente exibidos em sites e blogs grandes. O custo do CPM também pode ser estipulado pelo anunciante. Mas como no CPC, quem dá um lance maior fica com as melhores posições.

5 Vantagens de anunciar no Google Ads

  1. Flexibilidade de Orçamento 

Anteriormente foi mencionado que uma das maiores vantagens em anunciar pelo Ads é a flexibilidade de investimento. Isso permite que você estipule o quanto quer pagar em cada anúncio, tendo um melhor controle sobre suas finanças.

  2. Controle de Resultados

Mesmo contratando uma agência especialista em Google Ads, você ainda tem a possibilidade de acompanhar os resultados da sua empresa de perto. Isso fora outras coisas, bem como descobrir quanto está gastando em cada anúncio; como eles estão impactando os seus clientes; se esta está atingindo seu público alvo e etc.

Para ativar esse sistema basta solicitar que a agência configure e parametrize o Google Analytics do seu site. Assim, você poderá monitorar as suas campanhas.


   3. Segmentação Contextual

Esse é o processo que faz a correspondência entre anúncios segmentados por palavra-chave, também chamados de canais automáticos e sites da Rede de Display do Google.

Usando a segmentação contextual você consegue separar seus anúncios para que apareçam na rede de display ou remarketing em canais que abordem o mesmo tipo tema.

   4. Perfeito para pequenas empresas

O Google Ads é perfeito para pequenas e grandes empresas, visto que ele permite que você acompanhe o desempenho das suas campanha pelo sistema de métricas.

Para uma pequena empresa, o sistema de anúncios do Google é vantajoso em diferentes pontos, como o investimento financeiro. Outra vantagem é poder direcionar seus anúncios apenas para a região desejada, chegando até o público que se deseja.

 5. Otimização das campanhas

Pelo Google Ads você consegue escolher bem o público para o qual quer direcionar sua campanha. Também é possível otimizar os dias da semana, para analisar em quais deles os seus anúncios dão mais resultados, assim com os horários.

Uma coisa muito interessante que é possível fazer pelo Google Ads é otimizar os anúncios que dão mais resultados. Assim você consegue ter uma noção do que interessa ao seu público e usar uma linguagem mais apropriada para eles.

Como anunciar?

Depois de ler todo esse texto você deve estar se perguntando: “mas como eu faço para anunciar no Google Ads?’’.

Vamos em frente que te explico tudo o que você saber.

No primeiro passo você precisará de uma página de destino (site, aplicativo, e-commerce etc). Logo após é preciso criar uma conta no Google Ads, você pode fazer isso clicando nesse link.

Feito isso, crie uma conta, que aliás é gratuita. Você deve inserir todas as informações da sua empresa e configurar o faturamento da conta para que comece a fazer o seu investimento.

Depois disso vem a etapa de criação de campanha e anúncios, definindo seu orçamento diário.

Viu como é facíl?

Mas se mesmo assim você acha que precisa de uma ajudinha extra com a criação da sua campanha, procure a AGENCIA TECHD .

Nós somos especialistas em tráfego, utilizando o Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads e técnicas de SEO. Entre em contato conosco e faça um orçamento gratuito.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Google Ads: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma de anúncios pagos do Google”

Ana Clara

Muito bom!

Monique Ferreira